9 de outubro de 2016

Documentação offline

segue alguns apps pra você acessar a documentação das tecnologias de sua preferência como Javascript, Node, Android e muito mais.

Dash OS X / iOS
Velocity Windows
Zeal Windows/Linux
LovelyDocs Android

Debug no node

Pra facilitar no debug de aplicações node pelo devtools do Google Chrome direto com o seu código fonte, execute sua aplicação junto com a flag "--inspect"

Depois só abrir o link gerado no seu navegador e resolver os bugs.
Exemplo:


7 de outubro de 2016

Realizar o pull request do último commit

Quero mandar apenas meu último commit.

siga os passos:

$ git remote add upstream <git repository>
$ git remote update
$ git checkout -b upstream upstream/master
$ git cherry-pick <SHA hash of commit>
$ git push origin upstream

font: stackoverflow.com send-a-pull-request-on-github-for-only-latest-commit


6 de outubro de 2016

Como reverter o último commit no git

Ops! Comitei errado.

para reverter isso, execute os seguintes comandos:

$ git commit -m "Ops, comitei errado!"
$ git reset HEAD~
<< edite os arquivos se necessário >>
$ git add ...
$ git commit -c ORIG_HEAD

fonte: stackoverflow.com how-to-undo-last-commits-in-git

2 de outubro de 2016

Seu site é rápido?

"Meu site é rápido?"
Uma pergunta importante a ser respondida para poder verificar a "saúde" do seu website.

Quais as vantagens de ter um website "saudável"?
  • Testa a velocidade pra carregar de cada página.
  • Dá sugestões de como melhorar o website pra ser mais rápido e ter uma melhor performance.
  • o seu SEO sobe de rank quando a velocidade das páginas são melhoradas também.

Aqui segue algumas referências que farão análises do seus site.
Confira na KeyCDN mais detalhes de cada referência acima.

27 de setembro de 2016

Como adicionar o nome da banch no terminal bash

resultado será igual a isso:

resultado final









Primeiro, abra o seu terminal (bash) e vá até sua home.
$ cd

Caso o arquivo .bash_profiles não exista na sua home, apenas crie-o com o seguinte comando:
$ touch .bash_profiles
Caso já exista, abra-o com o seu editor de texto favorito e adicione as seguintes linhas:
# Git branch in prompt.
parse_git_branch() {
git branch 2> /dev/null | sed -e '/^[^*]/d' -e 's/* \(.*\)/ (\1)/'
}
export PS1="\u@\h \W\[\033[32m\]\$(parse_git_branch)\[\033[00m\] $ "

Salve e volte para o terminal.
Agora recarregue o arquivo .bash_profile para que o terminal interprete as novas linhas com o seguinte comando:
$ source .bash_profile

19 de julho de 2016

Como migrar o wordpress multisite para localhost

  1. Baixe todos os arquivos e o banco
  2. Restaure o banco
  3. Abra o wp-config.php 
    1. Altere as informações do banco
    2. Altere a linha define('DOMAIN_CURRENT_SITE', 'site.com.br'); para define('DOMAIN_CURRENT_SITE', 'localhost');
    3. Altere a linha define('PATH_CURRENT_SITE', '/'); para
      define('PATH_CURRENT_SITE', '/pasta-do-projeto/');
  4. Abra o .htaccess
    1.  Altere a linha RewriteBase / para RewriteBase /pasta-do-projeto/
  5. Abra o phpmyadmin
    1. Vá para a tabela wp_blogs
      1. Altere os registros da coluna domain de site.com.br para localhost
      2. Altere os registros da coluna path de / para pasta-do-projeto
      3. Para os outros sites instalados, altere os registros da coluna path de / para pasta-do-projeto/sub-site
    2. Vá para a tabela wp_site
      1. Altere os registros da coluna domain de site.com.br para localhost
      2. Altere os registros da coluna path de / para pasta-do-projeto
    3. Vá para a tabela wp_options
      1. Altere o siteurl de http://site.com.br para http://localhost/pasta-do-projeto
      2. Altere o home de http://site.com.br para http://localhost/pasta-do-projeto
    4. Vá para a tabela wp_x_options
      1. Altere o siteurl de http://site.com.br/sub-site para http://localhost/pasta-do-projeto/sub-site
      2. Altere o home de http://site.com.br/sub-site para http://localhost/pasta-do-projeto/sub-site

Fonte: https://codex.wordpress.org/Moving_WordPress#Moving_WordPress_Multisite 

6 de julho de 2016

Como resolver o - Disable smart install for HP LaserJet

Mensagens de erro:
  • "Ubuntu: Cannot disable smart install for HP LaserJet Pro 400 M401d "
  • "Ubuntu: Cannot disable smart install for HP LaserJet Pro 1102w"
  • "error: Please refer link 'http://hplipopensource.com/node/367' to disable manually"

Solução:
  • No site da hplip, o arquivo não existe mais, então baixe aqui (recuperado pelo http://archive.org/web/): https://mega.nz/#!g5l01LTC!hl3BG0seFjNAIJl6BfiPY55dmN0xs2mYjL0GLRNPifQ 
  •  Permita a execução do arquivo com o comando chmod +x SmartInstallDisable-Tool.run
  • Execute o arquivo sudo ./SmartInstallDisable-Tool.run 
  • Tente instalar novamente a impressora